A consagração que faltava

Nossa Senhora fala sobre a consagração do mundo ao seu Imaculado Coração. “A festa está linda, mas não fizeram o que pedi. Não consigo fazê-los entender a necessidade de atenderem à vontade de Deus, e não poderei mais segurar o braço de Jesus. A purificação virá de uma maneira que tentei a todo custo evitar”.

20 de setembro de 2000 

A noite estava calma e silenciosa, mas algo pesado pairava no ar e não me deixava pegar no sono. Eram duas horas da manhã de 20 de setembro. Levantei e me dirigi a uma poltrona, perto do computador, para rezar o Terço.

Depois de meditar os mistérios gloriosos, vi que, inexplicavelmente, o computador havia ligado sem que eu tivesse acionado qualquer comando. Fui até ele e percebi que os meus arquivos se selecionavam sozinhos, até parar numa pasta de nome “Oração”. Comecei a examinar tudo para ver se achava o motivo daquilo. Mas nada. Tentei então desligar o computador, que não me obedeceu.

Neste momento uma leve e suave brisa me envolveu. Tentei levantar da cadeira, mas não consegui. Uma força estranha fazia com que me sentisse embriagado e feliz por me ver naquela situação. Foi quando vi, no meu íntimo, uma cena como se estivesse passando na tela do computador. Havia uma praça enorme e uma multidão. Do meio dela surgiu uma linda imagem de Nossa Senhora, toda branca, num belo andor, carregada por pessoas bem vestidas. Todos cantavam felizes pela chegada da bela imagem. Mas ela chorava copiosamente.

Num gesto espontâneo, perguntei à imagem:

– Por que a Senhora está chorando?…

– A festa está linda, mas não fizeram o que pedi. Não consigo fazê-los entender a necessidade de atenderem à vontade de Deus, e por isso não poderei mais segurar o braço de Jesus. A Rússia espalhará seus erros pelo mundo, e a consequência disto será desastrosa para a Europa. Uma força maligna, proveniente dos Estados Unidos, alcançará toda a América Latina. O Senhor bom Deus me permite proteger Portugal e o continente latino-americano. Mas infelizmente, apesar da minha proteção materna, muitos sofrerão por causa disso. A purificação virá de uma maneira que tentei a todo custo evitar.

– Mas o comunismo acabou, Senhora!…

– Não estou falando no comunismo, mas na consequência dele.

– Por que a Senhora não fala com o papa?

– Uma densa e impenetrável fumaça envolve a cúpula de Pedro.

Senti então que uma frase se repetia no meu íntimo: “Escreva, porque isto agradará imensamente os corações unidos de Jesus e Maria”.

– Mas escrever o quê? – pensei. Não sentia nenhuma vontade de escrever e nem havia algo fluindo em mim. Resolvi então perguntar à imagem:

– Como posso ajudá-la, Senhora?

– Farei com que entenda o que o Senhor bom Deus deseja que se faça.

A cena apagou e eu me vi sentado diante do computador, com uma enigmática tela branca na minha frente. E num impulso escrevi a consagração, com menção à Rússia, que no dia 8 de outubro fiz com o grupo missionário, ao mesmo tempo em que o papa João Paulo II, em Roma, consagrava o mundo ao Imaculado Coração de Maria.

 

Referência: LOPES, R. A Consagração que faltava. In: LEMBI, Francisco. O Terceiro Segredo: A Vinda de Jesus. Belo Horizonte: Magnificat, 2005. p. 94.

O anúncio do Juízo

setembro 15, 2000

Missionários da Divina Eucaristia

novembro 11, 2000

Os comentários estão fechados.

© 2020 Obra Missionária. Todos os direitos reservados